MÚSICA - POE COMO TEMA

POE - PEQUENA BIOGRAFIA

Poeta e contista americano nascido em Boston, Massachusetts, conhecido sobretudo por suas histórias de mistério e horror. Filho de um casal de atores, ficou órfão aos dois anos e foi adotado por John Allan, rico comerciante de Richmond, Virgínia. Enviado à Europa, recebeu esmerada educação clássica (1815-1820) na Escócia e Inglaterra. Em seguida freqüentou a Universidade da Virgínia, porém envolveu-se com jogo e álcool, até que rompeu relações com seu tutor (1827). No mesmo ano publicou, em Boston, seu primeiro livro de poesia, Tamerlane, and Other Poems (1827). Tentou a carreira militar mas foi expulso da Academia Militar de West Point e, então, decidiu dedicar-se por completo à literatura e começou a publicar contos em revistas (1830) e foi morar em Baltimore com uma tia. Recebeu um prêmio em dinheiro por seu Manuscript Found in a Bottle (1833). Tornou-se editor literário do Southern Literary Messenger, de Richmond (1835), e no mesmo ano casou-se com a prima Virginia Clemm, de apenas 13 anos de idade. Seus problemas alcoólicos o levaram a demissão e mudou-se para Nova York, onde passou a escrever freneticamente livros e contos para revistas, especialmente com temas que abordavam a morte, o horror sobrenatural e os desvarios da mente humana, possivelmente inspirados nos próprios tormentos do autor. Por outro lado, possuía grande capacidade analítica, e escreveu contos que assentaram as bases do gênero policial e de mistério que se difundiu no século XX. Também deixou textos nos campos da estética, da crítica e teoria literária. Apesar da popularidade, seus vícios e escândalos o tornaram incompreendido por seus compatriotas. Foram os simbolistas franceses e, em particular, por Charles Baudelaire, que lhe reconheceram o gênio, cuja obra constituiu uma fonte de inspiração direta para a renovação literária européia no final do século XIX. Com a morte da esposa (1847), sua dependência alcoólica agravou-se e após vários dias de excessos alcoólicos, morreu em Baltimore, Maryland. Outros grandes sucessos do autor foram Al Aaraaf, Tamerlane, and Minor Poems (1829), Poems (1831), The Narrative of Arthur Gordon Pym (1838), Tales of the Grotesque and Arabesque (1839), The Prose Romances of Edgar A. Poe (1843), The Raven and Other Poems (1845), Tales (1845), Philosophy of Composition (1845) e o póstomo The Poetic Principle (1850).

ALGUMAS CAPAS DE LIVROS

ALGUMAS CAPAS DE LIVROS

POE DECLAMANDO O CORVO

Loading...

LENORE

Loading...

POE POR SNOOPY

Loading...

O CORVO - VERSÃO SIMPSONS

Loading...

VINCENT - TIM BURTON

Loading...

POE EM HQ


A editora Boom! Studios publica a partir de maio de 2009 uma HQ sobre Edgar Allan Poe, mas não baseada nos contos do autor, e sim nas aventuras detetivescas que o próprio teria vivido.
Os roteiros de Poe ficarão a cargo de J. Barton Mitchell, com arte de Dean Kotz e capas variantes por Declan Shalvey e Jeffery Spokes.
A série, em quatro edições, mostrará Poe em situações e em contato com personagens que podem ter influenciado a criação de suas principais obras. Na trama, o célebre escritor está no encalço de um assassino sobrenatural que assola as ruas de Baltimore.

1 comentários:

A. D. Hion John disse...

Muito legal... tenho ele guardado em casa... é uma das minhas relíquias...