MÚSICA - POE COMO TEMA

POE - PEQUENA BIOGRAFIA

Poeta e contista americano nascido em Boston, Massachusetts, conhecido sobretudo por suas histórias de mistério e horror. Filho de um casal de atores, ficou órfão aos dois anos e foi adotado por John Allan, rico comerciante de Richmond, Virgínia. Enviado à Europa, recebeu esmerada educação clássica (1815-1820) na Escócia e Inglaterra. Em seguida freqüentou a Universidade da Virgínia, porém envolveu-se com jogo e álcool, até que rompeu relações com seu tutor (1827). No mesmo ano publicou, em Boston, seu primeiro livro de poesia, Tamerlane, and Other Poems (1827). Tentou a carreira militar mas foi expulso da Academia Militar de West Point e, então, decidiu dedicar-se por completo à literatura e começou a publicar contos em revistas (1830) e foi morar em Baltimore com uma tia. Recebeu um prêmio em dinheiro por seu Manuscript Found in a Bottle (1833). Tornou-se editor literário do Southern Literary Messenger, de Richmond (1835), e no mesmo ano casou-se com a prima Virginia Clemm, de apenas 13 anos de idade. Seus problemas alcoólicos o levaram a demissão e mudou-se para Nova York, onde passou a escrever freneticamente livros e contos para revistas, especialmente com temas que abordavam a morte, o horror sobrenatural e os desvarios da mente humana, possivelmente inspirados nos próprios tormentos do autor. Por outro lado, possuía grande capacidade analítica, e escreveu contos que assentaram as bases do gênero policial e de mistério que se difundiu no século XX. Também deixou textos nos campos da estética, da crítica e teoria literária. Apesar da popularidade, seus vícios e escândalos o tornaram incompreendido por seus compatriotas. Foram os simbolistas franceses e, em particular, por Charles Baudelaire, que lhe reconheceram o gênio, cuja obra constituiu uma fonte de inspiração direta para a renovação literária européia no final do século XIX. Com a morte da esposa (1847), sua dependência alcoólica agravou-se e após vários dias de excessos alcoólicos, morreu em Baltimore, Maryland. Outros grandes sucessos do autor foram Al Aaraaf, Tamerlane, and Minor Poems (1829), Poems (1831), The Narrative of Arthur Gordon Pym (1838), Tales of the Grotesque and Arabesque (1839), The Prose Romances of Edgar A. Poe (1843), The Raven and Other Poems (1845), Tales (1845), Philosophy of Composition (1845) e o póstomo The Poetic Principle (1850).

ALGUMAS CAPAS DE LIVROS

ALGUMAS CAPAS DE LIVROS

POE DECLAMANDO O CORVO

Loading...

LENORE

Loading...

POE POR SNOOPY

Loading...

O CORVO - VERSÃO SIMPSONS

Loading...

VINCENT - TIM BURTON

Loading...

Mais fotos de Cusack vivendo Poe


Cusack, caracterizado e de corvo em punho

Está prevista para 2011 a estreia do novo filme sobre Edgar Allan Poe, com John Cusack no papel principal. The Raven conta os últimos cinco dias de vida do escritor, que morreu de forma misteriosa em um hospital de Baltimore após ter sido encontrado na rua em estado delirante, vestindo roupas que não eram suas, visivelmente angustiado e falando coisas sem sentido.
A causa da morte não foi esclarecida até hoje, mas as hipóteses vão de suicídio até uma possível infecção por raiva ou sífilis. No filme, a história ganha um toque de fantasia: o Poe vivido por John Cusack passa seus últimos dias na companhia de um serial killer que agia inspirado em seus contos.

8 comentários:

HigorB disse...

Filme de Poe com Cusack? Tô tão surpreso quando animado...

Refugee disse...

Olá denise, não consegui acessar ver seu e-mail no blog. Queria confirmar contigo se a biografia mais bem documentada e bem escrita de Edgar Poe é Israfel, a obra e os tempos de Edgar Poe.

Pelo que descobri tem uma tradução em portugues da decada de 40. Não se imprime mais esta? Em ultimo caso vou comprar em ingles, que pelo que me consta é em 2 volumes. Ou será que tem disponivel na net pra download?

E também: Voce sabe se tem em inglês ou portuges alguma edição que tenha apenas e exclusivamente todos os poemas e ensaios de Poe? Tenho interesse em obter e ler tudo que ele escreveu exceto os contos que já tenho em livro ou digitalizados e com excessão de alguns nãos os lerei novamente tão cedo. Bem ao contrário dos poemas que gosto de ler e até recitar... Me diga, como eu acho todos esses escritos excluido os contos?

Me responda por e-mail:

franknyll@gmail.com

Obrigado,

Frank

Refugee disse...

O que sei do autor da biografia "Israfel", me faz lástimar que não se faça um filme realmente sobre a jornada de Edgar Poe na terra. Ele tem uma história notável e dramática... dissiparia muitos esteriótipos idiótas.

Frank

Rafaela Azevedo. disse...

Passando pra conhecer.Beijos

Leitor disse...

Edgar Allan Poe foi um gênio muitas vezes incompreendido!

O filme com Cusack é muito bom!

two face disse...

gostaria q todos vcs curti essa pg https://www.facebook.com/AdmiradoresDePoe

Universo dos Leitores disse...

Olá, tudo bem? Favor passar no meu blog e deixar o e-mail do administrador dessa página, gostaria de propor uma coisa! Se preferir, me envie um e-mail no universodosleitores@gmail.com

Abraços e obrigada!

www.universodosleitores.blogspot.com.br

Anônimo disse...

https://www.youtube.com/watch?v=u1HgdzKQA0U

the pit and the pendulum